Voltar

Leis, decretos e portarias


Prefeitura Municipal de Araguaína

Dispõe sobre a instituição da Ouvidoria Municipal e o serviço de informações ao cidadão-SIC e dá outras providências.

Publicada em 05/04/2018

LEI  MUNICIPAL  3076,  DE  05  DE  ABRIL  DE  2018.  

 

Dispõe  sobre  a  instituição  da  Ouvidoria  

Municipal  e  o  serviço  de  informações  ao  

cidadão-SIC  e  dá  outras  providências.  

 

O  PREFEITO  MUNICIPAL  DE  ARAGUAÍNA,  ESTADO  DO  TOCANTINS,  no  uso  de  suas  atribuições  legais  

e  fundamentado  na  Lei  Orgânica  Municipal,  faço  saber  que  a  CÂMARA  MUNICIPAL  DE  ARAGUAÍNA,  

ESTADO  DO  TOCANTINS,  APROVA  e  Eu  SANCIONO  a  seguinte  Lei:  

 

Art.  1º.  Fica  criada  a  Ouvidoria  Municipal  e  o  Serviço  de  Informações  ao  Cidadão-SIC  da  

administração  direta  do  Município  de  Araguaína,  disciplina  e  organiza  seu  funcionamento,  ficando  

responsável  pela  interface  da  administração  pública  com  a  comunidade.  

 

Art.  2º.  A  Ouvidoria  Municipal  será  vinculada  à  Secretaria  da  Administração  e  terá  as  

seguintes  atribuições:  

 

I  –  receber  denúncias,  reclamações,  sugestões  e  elogios  da  administração  municipal  através  

de  telefone,  internet  e  pessoalmente,  de  cidadãos  e  de  servidores  públicos;  

II    –  difundir  a  importância  da  ouvidoria  como  instrumento  de  participação  e  controle  social  

da  administração  pública;  

III  –  elaborar  relatórios  mensais  das  atividades  desenvolvidas,  dando  a  devida  

publicidade;  

IV    –  identificar  deficiência  nos  serviços  e  obras  públicas,  sugerindo  ações  sistêmicas  a  fim  de  

superá-las;  

V    –  permitir  ao  cidadão  enumerar  falhas,  sinalizar  necessidades,  sugerir  alternativas,  

reafirmar  os  bons  serviços  prestados  para  a  instituição.  

 

§1º.  Todos  os  cidadãos  receberão  resposta  da  ouvidoria  sobre  as  reclamações,  

denúncias  e  sugestões  encaminhadas  no  prazo  máximo  de  (vinte)  dias,  prorrogáveis  por  mais  (dez)  dias  

mediante  justificativa;  

§2º.  Toda  a  autoridade  municipal,  incluindo  os  secretários,  responderão  às  demandas  da  

ouvidoria  no  prazo  máximo  de15  (quinze)  dias  do  seu  recebimento;  

§3º.  No  prazo  previsto  no  §1º  deste  artigo  e  de  acordo  com  as  informações  obtidas,  a  

ouvidoria  municipal  dará  resposta  ao  cidadão  interessado,  cientificando-lhe  das  medidas  a  serem  

tomadas  em  cada  caso.  

 

Art.  3º.  Será  disponibilizado  ao  público  um  número  de  telefone  e  um  endereço  de  correio  

eletrônico  da  ouvidoria  municipal  para  o  recebimento  de  reclamações,  denúncias  e  sugestões.  

 

   

Parágrafo  único.  A  administração  municipal  promoverá  os  atos  de  publicidade  

necessários  ao  amplo  conhecimento  dos  canais  de  comunicação  da  ouvidoria  municipal.    

Art.  4º.  O  Serviço  de  Informações  ao  Cidadão-SIC  funcionará  junto  à  Ouvidoria  

Municipal  e  terá  as  seguintes  atribuições:  

 

I  -  atender  e  orientar  o  público  quanto  ao  acesso  a  informações;  

II  -  informar  sobre  a  tramitação  de  documentos  nas  diversas  repartições  da  

administração  municipal;  

III  -  protocolizar  documentos  e  requerimentos  de  acesso  a  informações  ou  recebê-los  

quando  indevidamente  protocolados  em  outras  repartições  da  administração  municipal,  dando-

lhes  a  destinação  regulada  pela  Lei  Federal  n.º  12.527/2012;  

IV  -  realização  de  audiências  ou  consultas  públicas  para  incentivo  à  participação  popular  

e  à  outras  formas  de  divulgação  de  informações  de  interesse  público;  

V    –  difundir  a  importância  do  SIC  como  instrumento  de  participação  e  controle  social  da  

administração  pública;  

 

   §1º  -  A  Ouvidoria  assegura  o  sigilo  na  tramitação  das  manifestações  formuladas  pelos  

usuários,  quando  solicitado  ou  ex  ofício,  assim  como  restringe  o  acesso  à  identificação  e  demais  

informações  do  manifestante,  quando  solicitado,  assim,  as  manifestações  seguirão  para  os  setores  

responsáveis  sem  o  nome  e  demais  dados  do  manifestante.    

 

   §  2º      -        Somente  quando  indispensável  a  apuração  dos  fatos,  é  que  o  nome  do  manifestante  

será  encaminhado  com  a  manifestação,  e    nesses  casos    o    órgão  demandado,    ficará    responsável          por    

restringir    o    acesso  à  identificação  do  manifestante  a  terceiros.  

   §3º.  Os  pedidos  de  informação  serão  processados  de  acordo  com  a  Lei  Federal  n.º  

12.527/2012  e  nos  moldes  da  regulamentação  municipal;  

   §4º.  A  disponibilização  ou  entrega  da  informação  solicitada  somente  poderá  ocorrer  

mediante  a  assinatura  de  recibo  por  parte  do  interessado.  

 

Art.  5º.  A  Secretaria  Municipal  da  Administração  fornecerá  todos  os  recursos  

necessários  ao  pleno  funcionamento  da  Ouvidoria  Municipal  e  do  SIC.  

 

Art.  6º.  Considerando  o  contexto  da  ouvidoria  pública  enquanto  canal  de  

relacionamento  estado/sociedade,  com  ênfase  na  melhoria  da  qualidade  das  políticas  públicas  

por  meio  de  maior  participação  cidadã,  o  ouvidor  deve  estar  atento  ao  valor  que  se  encontra  em  

cada        manifestação  promovendo  com  imparcialidade  a  informação  desejada.  

 

Art.  7º  -  O  Ouvidor  Geral      será    nomeado  pelo    Chefe  do  Poder  Executivo,  devendo  

possuir  os  seguintes    requisitos:  

 

I    –  Conduta  ética  

   

II    –  Perfil  autônomo,  proativo  e  transparente;  

III  –  Imparcialidade;    

IV  –  Distanciamento  das  questões  político-partidárias;  

V    –  Competência  técnica  e  gerencial:  saber  agir,  mobilizar  recursos,  integrar  saberes  

múltiplos  e  complexos,  saber  aprender,  saber  engajar-se,  assumir  responsabilidades  e  ter  visão  

estratégica;  

VI  –  Habilidade  em  compreender  os  outros  e  traquejo  interpessoal;    

VII  –  Sigilo  e  resguardo  que  a  posição  exige;  

VII    –  Compromisso  com  a  participação  cidadã.  

 

Art.  8º.  Esta  Lei  entra  em  vigor  na  data  da  sua  publicação,  revogadas  as  disposições  em  

contrário.  

 

Araguaína,  Estado  do  Tocantins,  aos  05  dias  do  mês  de  abril  de  2018.  

 

RONALDO  DIMAS  NOGUEIRA  PEREIRA  

Prefeito  de  Araguaína  

Lei  Municipal  Publicada  no  DOM  nº1551,  Ano  VII,  quinta-feira,  19  de  abril  de  2018.